Este post é a continuação do tópico Alvenaria de Vedação e trata das aberturas e vãos executados nas paredes.

Durante a elevação das paredes da alvenaria, haverão várias situações de aberturas nas mesmas. Portas, janelas, esquadrias fixas, aberturas para instalações de aparelhos, etc.

Independente da função da abertura, a mesma representa um ponto de interrupção na amarração dos tijolos da alvenaria, seja ela estrutural ou apenas de vedação. Esta interrupção gera uma fiada sem apoio na parte superior da abertura e compromete toda estrutura da parede acima dela, demandando assim, a execução de um apoio na parte superior do vão para suporte e redistribuição das cargas, estabilizando o sistema. Este apoio, pode ser feito tanto reticulado ou em forma de arco. A estrutura complementar mencionada, quando reticulada, é conhecida como verga.

No caso das janelas, existe também a contraverga, que suporta e redistribui as cargas na parte inferior do vão, abaixo das esquadrias. Tornando todo o sistema do vão, mais eficiente e estável.

WP_20150709_002

A estrutura tanto da verga quanto da contraverga, excedem o vão pretendido tanto para apoiar nos tijolos laterais, quanto para redistribuir as forças de forma mais eficaz e evitar fissuras nas diagonais do espaço aberto.

Estes elementos podem ser executados: de concreto armado, moldados in loco através de formas (opção adotada na obra apresentada), moldadas in loco através de blocos canaleta estruturados com aço (bem comum em alvenaria estrutural), ou pré moldados.

Para execução do vão de janelas, primeiramente é executada a contraverga e assim que a mesma tem cura o suficiente, o assentamento dos tijolos da alvenaria é feito até o ponto de execução da verga, quando a mesma é escorada e executada, seja com formas, blocos canaleta ou pré moldadas (neste caso não precisa ser escorada).

WP_20150625_006

A partir da verga, o assentamento da alvenaria prossegue até o encunhamento (acabamento do preenchimento do encontro da ultima fiada da parede com a estrutura) ou até a última fiada pretendida (para utilização da mesma como base inferior para execução do cintamento).

WP_20150715_004

Portas, demais vãos de passagem, ou de esquadrias fixas sem peitoril, tem sua alvenaria elevada até o ponto desejado, forma executada e escorada e então a verga executada (ou pré moldada).

WP_20150715_003

Um detalhe importante a ser observado durante a execução das vergas para portas e vãos de passagem, é considerar na soma da altura final do vão, a medida do contrapiso a ser executado.


Gostou do post? Agregou valor? Deixe suas consideração ou dúvidas e compartilhe com quem tem interesse pelo assunto também!

Aproveite para seguir o blog e cadastrar seu email na lista vip. Basta clicar em follow e inserir seu email!

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Advertisements