Está com seu projeto elaborado por um profissional capacitado e devidamente registrado, com todos os documentos e projetos aprovados na prefeitura, com seu alvará de construção em mãos? Se sim, já pode começar a construir.

Este post é o primeiro de uma série que farei para demonstrar todas as etapas de uma obra com detalhes e imagens. Ironicamente começo pela etapa número 2, uma vez que pretendo dedicar um post mais completo à primeira etapa: projeto, aprovação legal e planejamento, ou só planejamento, subentendendo que a aprovação legal é uma obrigação intrínseca ao processo. Etapa que deve ser vista como A MAIS IMPORTANTE no processo. Sim, o planejamento é mais importante que execução em si. Sem ele, melhor nem executar. Por isso falarei deste assunto com detalhes.

Bom, de qualquer forma a intenção é fazer uma maior número de posts, curtos e diretos, ao invés de poucos posts, longos e detalhados.

Então, por onde começar?

Limpando e gerando a possibilidade máxima de organização, bem como maximizando as condições de trabalho.

O terreno pode estar em diversas condições como: já murado, cercado, não cercado, com lixo depositado por terceiros, grama alta, arbustos, bem como restringir as possibilidades de trabalho no mesmo devido a localização, topografia, vegetação, dentre outros. Tudo isso deve ser avaliado anteriormente na etapa de planejamento.

No caso apresentado se trata de um terreno com pouco desnível, pouca vegetação (mesmo havendo duas raízes de médio porte), não murado na frente e nos fundos, com vizinhos em ambos lados, com entulho de terceiros (inclusive de vegetação morta).

wp_20141003_002

A opção prevista para o caso foi a de limpeza mecanizada. Opção dada a velocidade de operação e capacidade de economia de mão de obra, item mais impactante no orçamento total de uma construção atualmente, podendo representar de 35 a 50% do montante total, dependendo do porte (dados de trabalhos pessoais realizados).

O trabalho consiste na raspagem superficial do terreno, tarefa elaborada por um trator, que transfere todo entulho para um caminhão, que por sua vez transporta a matéria até local de despejo autorizado.

O processo mecanizado foi capaz de finalizar em poucas horas um trabalho estimado para algo em torno de 5 dias por pelo menos 2 pessoas.

wp_20141003_004

Outro ponto importante: o processo mecanizado tem suporte para despejo realizado por um caminhão, com capacidade média de carga de 6 m³ de entulho, apesar que costumam ser usados caminhões com outras capacidades, como 4 e 8 m³, por exemplo. Já o processo humano, tem suporte usual de uma caçamba, com capacidades mais comuns oferecidas, de 3 e 4 m³, o que implica em mais gasto dependendo do volume de entulho.

No caso, a economia calculada mínima foi de 800 reais em out. de 2014, época da limpeza do terreno. Também houve ganho de pelo menos 4 dias. Algo significativo para um terreno de 360 m².

Somado às possibilidades de economia/ou gasto excessivo de cada item do processo construtivo, o valor economizado demonstra a importância de cada etapa e cada decisão como parte formadora do processo total. Ressalta também a grande importância de um planejamento prévio e estudo de opções, bem como o conhecimento delas.

Com o terreno limpo, todo o trabalho das etapas seguintes pode ser elaborado de forma mais organizada,  eficiente e precisa. No caso, murar e estabelecer a ligação de hidrossanitária, tema do próximo post.

————————————————————————–

Dúvidas e comentários? Deixe uma mensagem abaixo e lembre de seguir o blog!

Obrigado pela visita!

Advertisements